* Nome
 
* Email
* = Preenchimento obrigatorio

12 dicas para acelerar a perda de peso

by José Fonseca on 20/06/2011

Post image for 12 dicas para acelerar a perda de peso

Quando o objetivo é emagrecer / perder peso as pessoas tentam tudo e mais alguma coisa, mas a realidade é que só se consegue perder peso desequilibrando a balança calórica (ingerir menos calorias do que gastamos). A grande dificuldade está em conseguir desequilibrar a balança de forma natural e saudável e sem pensar em grandes loucuras.

Neste post de hoje vou apresentar-lhe…

12 dicas para acelerar a perda de peso

Como já deve saber, o consumo de frutas, legumes e hortaliças é essencial para o processo de emagrecimento pois fornece-nos uma boa quantidade de fibras alimentares, minerais (potássio, zinco, cálcio, magnésio, cobre, entre outros) e vitaminas (C, A, B, entre outras), tendo por um lado um efeito protetor no nosso organismo e por outro lado promovem a sensação de saciedade, levando-nos a consumir menor quantidade de outros alimentos, geralmente mais calóricos às refeições. Para além de todos estes benefícios, o consumo de hortofrutícolas torna-se ainda mais essencial no processo de perda de peso pois têm geralmente um baixo valor calórico.

A Organização Mundial de Saúde (OMS) recomenda o consumo mínimo de 400g de hortofrutícolas por dia, para se aproveitarem todos os benefícios destes alimentos (perda de peso, manutenção do peso, menor risco de desenvolvimento de cancro, doenças cardiovasculares e diabetes).

Os frutos secos (nozes, amendoins, avelãs, pinhões, amêndoas) também se incluem neste grupo, mas é preciso ter atenção que são altamente calóricos e portante deve ter muito cuidado com as quantidades que ingere. São alimentos muito benéficos para ajudar a emagrecer, mas rapidamente se podem tornar nos piores inimigos para quem quer perder peso! Uma mão de frutos secos pode ser uma alternativa saudável a snacks muito calóricos e açúcarados.

12 dicas para aumentar o consumo de hortofrutículas

1. Complete o seu pequeno almoço com uma peça de fruta, ou adicione-a aos seus cereais de pequeno almoço ou ao iogurte;

2. Leve para o seu trabalho fruta fresca para consumir nos intervalos entre as principais refeições;

3. Como sempre sopa e saladas frescas ou legumes às refeições principais;

4. Coma fruta como sobremesa, se é daquelas pessoas que tem sempre de comer sobremesa;

5. Se não tem tempo para almoçar, e por hábito come uma sandes, adicione vegetais como rúcula, tomate, cenoura, entre outros;

6. Sempre que consumir pizzas, baguetes, massas ou hambúrgueres substitua o queijo, bacon, fiambre por frutas frescas e vegetais como cebola, tomate, rúcula, cenoura, pimentos, espinafres, etc.;

7. Adicione hortofrutículas aos estufados e outros cozinhados que faça em casa;

8. Pelo menos uma das frutas que come deve ser rica em vitamina C (kiwi, laranja, morangos, maçã, tangerina, por exemplo);

9. Procure consumir hortofrutículas de cores diferentes para garantir o aporte de diferentes vitaminas e minerais;

10. Se não tem tempo para preparar saladas e cozinhar legumes opte por comprar saladas e legumes já lavados, cortados e prontos a servir;

11. Faça a sua lista de hortofrutículas e leve-a sempre para as compras consigo. Evite deixar para o final das compras a escolha destes alimentos;

12. Quando vai a um restaurante, mande as entradas para trás e peça uma sopa ou salada antes de escolher o prato principal.

O que achou deste post? Tem alguma sugestão mais? Já costuma usar e abusar destes alimentos? Participe deixando o seu comentário em baixo ;)

Este artigo foi escrito por...

– que já escreveu 77 artigos .

Formado em Aptidão física e saúde pela Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias, com especialização em exercício e personal training, José Fonseca é especialista em Controlo do Peso e ajuda pessoas em todo o mundo a conseguirem perder 10kg+ em 2 meses e a manter esse peso para o resto da vida.

Precisa de ajuda? Envie um email para o José ;)


 

Clique em GOSTO em baixo e deixe o seu comentário, sugestões ou questões:

{ 2 comments… read them below or add one }

Ana Maria de Oliveira February 1, 2012 at 14:36

MUITO BOM! PRECISO SABER MAIS SOBRE O TAMANHO DO ESTOMAGO E SE EXISTE ALGUM MODO DE FAZÊ-LO SEM CIRURGIA.

Reply

thais pimentel October 16, 2012 at 17:40

Boa tarde, parabens pelo trabalho postado Sr.José Fonseca.
Sou Thais, tenho 28 anos, 1,69 m e estou com 74 kg. A quase dois anos tive minha filha, quando engravidei estava com 66 kg, não consigui voltar ao meu peso, que considero pra mim ideal, tenho uma alimentação saudavel, guloseimas só aos fins de semana, nem todos, pórem sou muito ansiosa. Gostaria de dicas pra facilitar com que eu perca esses quilinhos,

Obrigada

Reply

Leave a Comment

Notificar-me de novas respostas aos comentários por email!. Também pode ser notificado sem comentar.

{ 1 trackback }

Previous post:

Next post: